terça-feira, 21 de agosto de 2012

Runaway

Estava afim de postar a letra de uma música que inspirasse, algo que servisse de impulso para encarar a vida. Uma artista que eu adoro - tanto como pessoa, quanto pela música - é a Avril Lavigne. Gosto da Avril porque ela diz exatamente aquilo que ela quer dizer nas músicas dela, coisas do tipo "Faço o que eu quero e foda-se o que você acha disso", eu realmente adoro isso, hehe xD
A música chama-se "Runaway", espero que gostem!


Acordei pelo lado errado da vida hoje, yeah
Bati o carro e eu realmente irei me atrasar
Meu telefone não funciona porque está fora de área
Parece que esse é um daqueles tipos de dias
Você não pode me deixar pra baixo, porque eu já estou no chão
Não, você não pode pois você não poderia me pegar de qualquer maneira
Céus azuis mas o sol não saiu, não
Hoje é como se estivesse sob uma nuvem pesada
E eu me sinto tão viva
Eu não posso me ajudar, você não percebe?
Eu só quero gritar e perder o controle
Jogar as minhas mãos pro alto e deixar isso pra lá
Esquecer de tudo e fugir, yeah
Eu só quero cair e me perder
Rir muito até doer como o inferno
Esquecer de tudo e fugir, yeah
Mais ou menos é assim que estou agindo se você estiver querendo saber
Estou numa briga com o mundo, mas estou ganhando
Fique aí, chegue perto, é tudo por seu próprio risco
Yeah, você sabe como a vida pode ser desgraçada
E eu me sinto tão viva
Eu não posso me ajudar, você não percebe?
Eu só quero gritar e perder o controle
Jogar as minhas mãos pro alto e deixar isso pra lá
Esquecer de tudo e fugir, yeah
Eu só quero cair e me perder
Rir muito até doer como o inferno
Esquecer de tudo e fugir, yeah
Fugir, fugir...
Fugir, fugir...
Fugir, fugir...
Fugir, fugir...
Fugir, fugir...
Fugir, fugir...
Eu só quero gritar e perder o controle
Jogar as minhas mãos pro alto e deixar isso pra lá
Esquecer de tudo e fugir, yeah
Eu só quero cair e me perder
Rir muito até doer como o inferno
Esquecer de tudo e fugir, yeah
Eu só quero gritar e perder o controle
Jogar as minhas mãos pro alto e deixar isso pra lá
Esquecer de tudo e fugir, yeah
Eu só quero cair e me perder
Rir muito até doer como o inferno
Esquecer de tudo e fugir, yeah...

(Avril Lavigne)

domingo, 5 de agosto de 2012

E a palavra é: Responsabilidade

Se é assim que você está se sentindo...


...seja bem vindo ao clube dos "quase adultos".

A vida tem colocado muitas pedras no seu caminho e, finalmente, depois de tanto tropeçar nelas, você aprende a chutá-las ou simplesmente ignorá-las e desviar delas. As coisas mudam. Você já não é mais criança, é adulto - aja como tal. Mas como saber quais decisões tomar? O que fazer? O que se esperar do dia de manhã? Essas são perguntas típicas que todo ser humano faz a si próprio em algum momento de sua vida, todavia, embora as perguntas sejam sempre as mesmas, cada um tem uma resposta diferente para cada pergunta, afinal, cada um tem um pensamento diferente, uma perspectiva diferente. 
De repente, enquanto você está adormecido no seu mundo de sonhos, a vida te dá um beliscão e você desperta, porque tem algo que você tem a cumprir, você tem que tomar certas decisões e correr atrás dos seus objetivos, porque né, do céu só caem chuva e cocô de passarinho.
E a hora é agora! Bora fazer o que você sempre sonhou, porque você não vai querer estar com vinte e poucos anos, morando na casa dos seus pais, jogando video game, enquanto o mundo lá fora dá voltas até chegar onde você queria estar e você não estará lá para ver. É hora de acordar e colocar em prática tudo aquilo que um dia você aprendeu e sonhou, tudo aquilo que seus pais e os professores da escola falavam, tudo aquilo que você sabe que tem que fazer.
O medo vai vir - eu nuca disse que ele não viria - mas e daí? O que você tem a temer? Fica a dica: você nunca saberá se não se arriscar. Mas cuidado, saiba os riscos e as consequências que você já deve saber que podem ser boas ou ruins.
Engraçado, uma maluca que está tentando criar responsabilidade, dando dicas... Ok, agora sim vocês podem achar que tudo o que eu escrevi aqui não vale de nada, porque nem eu mesma venho seguindo esses conselhos, mas acho que é por isso mesmo que escrevi esse texto aqui na TDN, para colocá-lo em prática no meu dia a dia. 

Bem, estamos aprendendo juntos... a blogueira e os leitores, rs.

PS: Mesmo quando eu estiver com vinte e poucos anos, eu ainda jogarei video game ;)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...