segunda-feira, 18 de junho de 2012

Blame it...

É muito fácil falar dos outros. Culpá-los, principalmente. E quanto a assumir os nossos erros e culpas? Somos orgulhosos, não nos desculpamos quando necessário, nem assumimos o erro que sabemos ter cometido. Desviamos de conversa, culpamos outra pessoa... mas nunca a nós mesmos.
Somos falsos consigo mesmos, se na hora do erro éramos tão fortes e tínhamos tanta certeza do que estávamos fazendo, no fim das contas, acabamos mal e com sentimento de culpa. Por quê? Porquê somos fracos por dentro, mesmo quando tentamos mostrar que somos fortes. Nos mostramos à sociedade em uma forma a qual não pertencemos, somos fingidores. 
Falamos e dizemos por aí o que não deveria ser pronunciado, escrevemos por aí o que não deveria ser escrito, sem falar na internet que está cada vez mais acessível a qualquer hora e lugar, passamos a postar na internet aquilo que vem em nossa mente, sem nos darmos conta no que uma simples atualização de status pode causar. E quem é culpado por isso? O sem graça que fez um comentário maldoso no seu perfil ou você que postou o que queria sem parar para pensar nas consequências? Está aí: é sua culpa. Não a jogue em ninguém, assuma o seu erro, porque ele é seu. Só seu.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...