segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Out from under


Expiro você, respiro você...
Você fica voltando para me dizer
Que você é o único que poderia ter sido
E os meus olhos vêem isso tão claro,
Isto foi há muito tempo e muito longe,
Mas nunca despareceu.
Eu tento pôr isto no passado,
Se segure em mim e não olhe para trás...
Eu não quero sonhar com
Todas as coisas que nunca existiram,
Talvez eu possa viver sem isto
Quando eu sair debaixo.
Eu não quero sentir a dor,
Que bem isso me faria agora?
Eu entenderei tudo,
Quando eu sair debaixo...
Debaixo, debaixo, debaixo...
Então me deixe ir, só me deixe voar por aí,
Me deixe sentir o espaço entre nós crescer profundamente
E mais escuro a cada dia.
Me olhe agora e eu serei uma nova pessoa,
Meu coração estará inquebrável,
Ele estará aberto a todos, menos a você.
Mesmo quando eu cruzar a linha,
É como uma mentira que eu contei milhares de vezes.
Eu não quero sonhar com
Todas as coisas que nunca existiram,
Talvez eu possa viver sem isto,
Quando eu sair debaixo.
Eu não quero sentir a dor,
Que bem isso me faria agora?
Eu entenderei tudo,
Quando eu sair debaixo...
Debaixo, debaixo, debaixo...
E uma parte de mim ainda acredita,
Quando você diz que ficará por perto
E uma parte de mim ainda acredita,
Que podemos encontrar uma maneira de resolver isto,
Mas eu sei que tentamos tudo que podíamos tentar.
Portanto, vamos somente dizer adeus, para sempre...
Eu não quero sonhar com
Todas as coisas que nunca existiram,
Talvez eu possa viver sem isto,
Quando eu sair debaixo.
Eu não quero sentir a dor,
Que bem isso me faria agora?
Eu entenderei tudo,
Quando eu sair debaixo.
Eu não quero sonhar com
Todas as coisas que nunca existiram,
Talvez eu possa viver sem isto,
Quando eu sair debaixo.
Eu não quero sentir a dor,
Que bem isso me faria agora?
Eu entenderei tudo,
Quando eu sair debaixo...
Quando eu sair debaixo...

(Britney Spears)

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...