segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O amor é isso... e outras coisas

Me lembro de quando eu tinha 13 anos de idade e ficava contando os dias para chegar logo sexta-feira, só para vê-lo, embora "só ver" já me bastasse, eu sempre desejava mais (e ele também) - porém, isso nunca aconteceu, não naquela época. Me lembro de conversas bobas, jogos de video game e de sonhar com coisas que nunca aconteceram, mas um dia as coisas começaram a acontecer, pena que não foi da maneira como ambos desejávamos, demorou (bastante), mas... aconteceu. É incrível a forma como algumas pessoas reagem ao amor, sendo seu ou não, ás vezes tem gente que mete o nariz onde não é chamado.
Me lembro de já ter escrito um post onde eu dizia que o amor não é clichê e não é mesmo, a minha teoria sobre isso continua, os meus pensamentos sobre esse sentimento ainda são os mesmos, a unica diferença é que aprendi que o amor não acontece apenas um vez na vida, é constante, acredito ser um "estado de espírito", é infinito, acontece o tempo todo, de várias maneiras diferentes, desde o sentimento pelo seu cachorrinho ao seu namorado. Algo que acontece hoje e sempre. É incessável e, na maioria das vezes, doloroso e com certeza, compensador. Amar é isso, é todo esse sentimento que envolve tantos outros e que nos deixa sem sentido.
Um dia você acorda e percebe que sente saudades de um tempo, de uma pessoa e percebe que sem essa pessoa você não conseguirá mais viver. Profundo e um pouco exagerado, talvez, mas é a verdade. Então, você decide deixar o amor acontecer e não poderia ser melhor, sua vida está prestes a começar a fazer sentido de verdade, porque você entrará para sempre no seu "estado de espírito" favorito: o de estar apaixonada, apaixonada por alguém, por um sentimento, algo verdadeiro, por uma lembrança e um desejo. A vida é feita para se apaixonar.
E quando você se dá conta, o tempo passou, as coisas deram certo - outras não - entretanto, o amor é isso, você sabe, não é cem por cento "bom", escrevo bom com aspas porque não me refiro ao amor não ser literalmente bom, ele apenas não é sempre bom. Assim como tudo na vida e como os estados de espírito, ele muda: uma hora você está triste, outra hora alegre e outra hora, bem, na verdade, sempre apaixonado.
O amor é isso é outras coisas, é esse sentimento maravilhoso que você conhece e são todas as coisas maravilhosas que veem com ele.
O amor é ótimo e estar apaixonado, é melhor ainda.

(Para THAYNAN - obrigada pelos 2 anos de namoro, pelos 6 anos de amizade e por ser o meu "estado de espírito" favorito desde os meus 13 anos de idade.)

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...