terça-feira, 25 de maio de 2010

Simplesmente simples



Todos os fatos reais e imaginários do nosso cotidiano são baseados em nossos sonhos e objetivos. Contudo, será que é só isso que nos deixa satisfeitos? Eu acho que não. A beleza do dia perfeito é formada justamente pelas coisas mais simples que acontecem e que, colocadas perfeitamente em uma ordem aleatória pelo destino em nosso dia a dia, parecem pertencer à uma idéia de que o momento está sendo o melhor. Está sendo perfeito.
Sabe aquele dia maravilhoso que ficou na sua memória para sempre? Ele só foi perfeito porque, a simplicidade dos acontecimentos, fizeram dele um dia feliz. Se pararmos para pensar nas coisas que nos trazem a satisfação, veremos que um simples gesto pode ser a fonte da alegria. Lógico, ganhar na Megasena é o ‘ó’ do melhor mas, não é só isso. Há coisas mais simples que podem proporcionar uma felicidade tão boa quanto esta.
Ok, você deve estar pensando “Mayara, agora você pirou de vez!”, não é isso; é que estou farta de ouvir as pessoas brigando por dinheiro ou discutindo por coisas idiotas, como: quem é o cara mais bonito da novela das sete. Nos preocupamos com tantas inutilidades que nem percebemos que as coisas mais simples (que estão ao nosso alcance) podem satisfazer esse desejo de felicidade.
Eu sou muito verdadeira quando o assunto é me satisfazer com a simplicidade. Pra quê exagero?, ou melhor, pra quê coisas tão supérfluas quando a simplicidade pode nos fazer feliz? É maravilhoso quando você percebe isso, você se sente mais independente das coisas que parecem importantes porém, que podem não ser.
Coisas simples como ouvir o barulho da chuva de manhã; comer macarrona no domingo; cantar no chuveiro; dançar Macarena numa festa; até mesmo aquelas coisas que você já está cansado(a) de ouvir ou de fazer  e que, no entanto, toda vez que acontece você sorri, porque é uma sensação inexplicável. Como quando eu passo na portaria e digo ao porteiro ‘Tiozinhooo!’ e ele responde ’Booom fia!’ hahahaha. Isso é tão simples que já virou rotina e o melhor: parte da minha vida. 
Essa simplicidade não tem preço. Bem que dizem que a beleza está nas coisas mais simples da vida - e eu concordo plenamente! :)
Porque isso tudo é simplesmente simples.


E você, qual simplicidade te faz feliz?

Vou ficando por aqui, mas eu volto. Eu sempre volto.

PS: Peço desculpas pela demora ao postar na TDN, é que, como meu computador havia pifado, foi meio complicado de atualizar o blog. Odeio a lan house perto de casa, (os PCs de lá estão na maior decadência!) todavia, meu computador já está arrumado e pronto para continuarmos com a nossa rotina na internet e na blogosfera. :)

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Tempo

Você acorda, são seis da manhã e você tem meia hora para pegar um ônibus e ir à escola. E, quando você percebe, as seis aulas de 50 minutos cada, já se passaram e você está em casa almoçando correndo para ir trabalhar - em outra escola!
Já são 15:00 hs e você acabou de chegar no trabalho, você passsa quatro horas numa sala de informática suportando alunos de 5º a 7° série te chamando de tia e professora mas, como você não é nenhum dos dois, fica alíviada quando é chamada de moça da sala de informática, estagiária da tarde ou simplesmente pelo seu nome. Pelo menos te chamam de algo que você realmente é.
Você olha no relógio: 19 horas! Sai correndo para não perder o ônibus e... finalmente!, você chega em casa. Toma o seu tão merecido banho e sua xícara de nescafé quentinho. De repente, seu namorado te liga e vocês passam duas míseras horas juntos. (Você gostaria de ter mais tempo para ele...)
Outro café e já é hora de dormir - exceto as quartas-feiras em que você assiste Saia Justa no GNT e vai dormir às 23:00 hs.
Finalmente, você deita na sua cama. Faz uma oração agradecendo pelo seu dia (corrido mas, mesmo assim, maravilhoso). Quando você está na melhor parte do sono, você acorda com um barulho um tanto infernal: o despertador.
E mais um dia de sua típica e cançada rotina se inicia.
Você está totalmente preso a ele, não tem como fugir. O tempo é quem manda em sua vida, não negue!, sem ele sua vida seria uma bagunça.

Beijos, beijos!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Dia das mães


É muito difícil falar de uma pessoa que sempre fez parte da minha vida, ou melhor, que me deu a vida; mais difícil ainda, é falar da minha mãe.
Mami, mamãe ou só mãe, não importa. Você é a melhor para mim, não importa o que as pessoas pensem ou falem, você é a minha mãe e eu te amo, ninguém vai mudar isso.
Não recordo-me de tudo o que já passamos, contudo, tenho certeza de que isso tudo, são recordações felizes. Não quero apenas falar do passado; quero, também, dizer que estarei sempre com você, aonde quer que eu (ou você) esteja.
Neste dia das mães, não quero apenas parabenizá-la e dizer-lhe o quanto a amo, muito menos escrever aqui o que eu sinto por você. Faltar-me-iam palavras. Juro. Estou aqui para deixar gravado um pedacinho do meu amor e carinho pela mulher mais importante da minha vida, a minha mamãezinha querida (que não é igual a do filme!).

Feliz dia das mães!
À todas as mães, não só a minha, felicidades no dia de vocês!


Beijos, beijos. :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...