terça-feira, 27 de abril de 2010

A graça de uma desgraça

Pois é, imagine-se no lugar da “gordinha”. Você não gostaria de estar no lugar dela, não é mesmo? Pior é você estar e, ainda por cima, ter pessoas achando graça de uma desgraça como esta. Isso não é engraçado, por isso eu chamei de “desgraça”.
Rir das diferenças e defeitos dos outros é a nova moda. Pena que, essas modinhas baratas, são ridículas. Ao invés de ajudar alguém que precisa, muita gente se contenta rindo dessa pessoa.
Não seria mais conveniente ajudar um colega com deficiência mental, do que rir das coisas que ele fala ou faz? Não seria mais bonito ajudar um idoso a atravessar a rua, do que rir da cara dele quando ele for atropelado? Não seria mais inteligente passar o fim de semana estudando para uma prova, do que sair com os amigos e rir do colega que fez isso?
Na maioria das vezes, as pessoas agem por impulso e acabam ferrando uns aos outros. Isso quando elas agem, pois tem aquelas criaturas que se fazem de “cego- surdo-e-mudo” e fazem de conta que não perceberam o inconveniente acontecer, mesmo que esteja acontecendo bem na sua frente. No máximo, olha para o céu e reza para que Deus ajude a pessoa necessitada. Não é tão mais fácil VOCÊ MESMO ajudar (se estiver ao seu alcance, obviamente), ao invés de esperar que Deus faça um milagre? Se você acredita em Deus, ajude o seu próximo, o seu irmão.
As pessoas são acomodadas e acostumadas, esperam tudo cair do céu e não se preocupam com o que está acontecendo bem na sua frente. Elas preferem rir de uma desgraça, a ajudar a transformá-la em graça – mas aquela graça que é gostosa de rir, a graça da alegria. Nada cai do céu; só chuva, cocô de passarinho e (atualmente) avião.
Bora fazer a campanha “Transforme a desgraça em graça”?
Você não só terá um milagre, mas também graça em sua vida. A graça de poder ajudar e sentir prazer por fazê-lo, pois não terá ninguém constrangido na história, nem uma gordinha chorando.
Se você quer um milagre, seja o milagre!

2 comentários:

Van Florargen disse...

Olha eu aqui =)
Obrigada por seguir meu Blog.
Eu ñ esscrevo tão bem quanto vc uma aprendiz de jornalismo,mas me esforço rs rs
Gostei do post.
Acho muito mais útil ajudar quem precisa, do que simplesmente rir ou ficar de braços cruzados pensando o que poderia ser feito e no fim, não fazer nada.

rhcastelobranco disse...

Sei que vc gosta da série!!
Link do livro Burned:
http://literaturasdomundo.blogspot.com/2010/04/burned-em-ingles-pdf-download.html
Bjinhoss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...