sábado, 26 de dezembro de 2009

Ser diferente é normal


A coisa mais difícil de se aceitar em um grupo social, é a diferença. E eu sei bem como é isso. Muita gente me acha esquisita ou até mesmo idiota, mas quer saber de uma coisa? Eu não ligo! Tudo o que eu faço é para mostrar ao mundo quem eu sou - e quem eu quero ser. Sou apenas eu mesma: Amo ler e escrever e ainda ouço Britney Spears. Ah, rock também, é claro!
A diversidade cultural e social abriram portas para criar um estereótipo de que ser diferente, não é ser normal ou certo. Mas quem disse que ser diferente é ser errado? Eu discordo! Quando uma pessoa é diferente é sinal de que ela está cansada da vida de "Maria vai com as outras" (releia: "Superprotegidos"). Não há motivo para ter medo de ser você mesmo, faça o que você tem vontade (com juízo e respeito) e seja muito, muito feliz! Porque se você não tiver medo de tentar, você vai longe.
Ual, isso soou tão épico! hehe. Estou ficando boa nisso :D

Beijos, beijos!

sábado, 5 de dezembro de 2009

Então é Natal...


Pois é, o Natal está chegando, faltam apenas 20 dias para a grande comemoração cristã. Estamos na melhor época do ano, onde deixamos para trás todas as nossas tristezas, mágoas e diferenças, transformando-as em paz, amor e alegria! (Que meloso! rs.) Maaaaaas, como nem tudo o que reluz é ouro, há também o lado, digamos assim "negativo" do natal. Onde já se viu tanta falsidade junta em um único mês?
Seu chefe passa o ano inteiro te enchendo o saco e, no fim do ano, te manda uma cesta de natal com um daqueles panetones de frutas cristalizadas horríveis que ninguém come e que depois a sua mãe manda para a sua vó que pensa estar ganhando um singelo presente, eca! Mal sabe a coitada que esse pão de frutas melequentas fora antes recusado e desprezado!
Nós passamos um mês de pura alegria, de que adianta se sabemos que depois que isso acabar a realidade tornará esse arco-íris cinzento?
Hum, mas nós não deveríamos acabar com o espírito natalino desse jeito... Esse "espírito" deveria permanecer conosco para sempre, quem sabe o mundo não se tornaria um lugar melhor para viver?
Eu costumo dizer que o natal é mágico, pois é quando as pessoas ficam diferentes - talvez seja efeito de tanta falsidade, talvez não. Vamos sonhar que esta segunda hipótese é a mais conveniente.
Bem, vamos fazer de conta que o Natal é mágico e que o Papai Noel existe. Quem sabe assim ele traga de presente este ano: dignidade, igualdade e respeito a todos?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...