terça-feira, 13 de outubro de 2009

A vida é o que você faz dela (?)

Eu sempre achei que tudo o que acontecia em nossas vidas já estava planejado, mas agora eu sei que não é bem assim. O caminho já está decidido, basta apenas escolhermos a direção a ser tomada. Entretanto, como vamos saber o que é certo e o que é errado se nós não arriscarmos? Então, nós devemos aceitar todas as coisas que acontecem em nossa vida? E se isso não for o certo? E por que o certo é o certo? E se o errado for o certo? Como saber? Uma vez eu li uma frase que me impressionou: "O certo é o certo, o errado não se encaixa." Faz sentido. Porém, ainda tenho minhas dúvidas!
Pois é nesta confusão em que me encontro: Devemos aceitar a vida como ela é? Porque se a vida é minha eu posso fazer com ela o que eu quiser, não é?
Quando eu disse que "A vida é o que você faz dela", eu tentei dizer que não importa o seu destino. O que importa são as suas atitudes. São elas que vão mostrar o que é a sua vida, elas são as suas respostas para as suas perguntas.
O mundo é tão hipócrita! Há pessoas que querem nos dizer o que fazer e qual direção devemos seguir e, mesmo ainda não sabendo o que é certo e o que é errado, isso não me parece certo. E o que vocês acham?
Um dia, talvez, eu possa entender tudo isso e sei que encontrarei a minha direção. Mas enquanto esse dia não chega, não me mande fazer o que eu NÃO quero. Porque se a vida é minha, eu tenho o direito de fazer dela o que eu quiser e eu sei que tudo o que eu fizer terá uma consequência, seja ela boa ou ruim, embora ainda assim, seja a minha vida.
Se você tomar a direção errada do seu caminho, você terá consequências ruins e se você conseguir encontrar o caminho certo, as consequências só poderão ser boas. E isso é tão óbvio! Então por que o ser humano ainda se perde no meio do caminho?
Cuidado para não se perder na direção errada, o seu caminho pode ser mais longo e errado.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...