sábado, 18 de julho de 2009

O amor não é clichê

Quem nunca se apaixonou ou sonhou que estava apaixonado(a) e depois de levar um fora, jurou que apenas "curtia" a pessoa e não que a amava? Pois é, isso acontece nas melhores famílias (e nas piores também!)
O que eu quero dizer, é que todo mundo se apaixona um dia, mas o resultado dessa experiência varia: ás vezes dá certo, outras vezes não. É complicado entender como um sentimento tão bonito pode machucar tanto.
E quando você sente que está no fundo do poço, comendo o pão que o diabo amassou, um dia tudo isso passa e de repente você simplesmente não se lembra mais da pessoa que te esnobou; e se apaixona de novo. É sempre assim, não tem como fugir. Quando o amor te pegar não tem como se esconder, ele simplesmente acontece!
Mas se você é uma daquelas pessoas como eu, que sempre que se mete com um sentimento maldito chamado AMOR causa confusões ou machuca alguém, não se preocupe, isso é normal. (Eu espero!)
Com o passar do tempo, eu deixei de acreditar em contos de fadas, mas não em finais felizes, porque todos nós temos o direito de sermos felizes.
Então, espero que um dia o amor me mostre que há algo de bom nele, porque eu já percebi que ele não tem aqueles clichês de felicidade que todo mundo sonha...

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...